Artigo

SAÚDE E ESTÉTICA
INTRADERMOTERAPIA

A intradermoterapia ou mesoterapia trata-se de uma técnica em que se aplica através da derme (pele), com agulhas de pequeno calibre substâncias e enzimas lipolíticas, medicamentos capazes de causar a lise (quebra) das células adiposas (células de gordura), ativar a circulação local e tratar a celulite. Com frequência, a técnica é usada para:


reduzir a gordura nas áreas do abdômen, coxas, nádegas, quadris, pernas, braços e pescoço;
diminuir a celulite e flacidez;
amenizar rugas e linhas de expressão;
melhorar o contorno do corpo;
clarear pele hiperpigmentada (melasmas e manchas de acnes);
tratar a alopecia, uma condição que causa a perda de cabelo.

 

Após a aplicação da intradermoterapia o local pode apresentar-se edemaciado, vermelho, quente e até mesmo um pouco arroxeado. Isso é normal devido à aplicação do medicamento no local.
O melhor é que para esse tratamento não existe limite de idade e sua sessão é rápida. 

 

Atualmente, no mercado de fármacos existem dezenas de substâncias com ação lipolítica. Cada profissional utiliza a combinação que lhe convêm. A hipersensibilidade a alguns dos componentes é uma das únicas  contraindicações do tratamento, que sempre deve ter uma consulta prévia para análise da anamnese. Ele pode ser associado a qualquer outro tipo de tratamento estético e alguns até potencializam o seu resultado.


Por ser um processo invasivo, só deve ser manuseado por profissionais da área da saúde que sejam habilitados para tal função. E é importante lembrar que qualidade de vida está ligada a bons hábitos e exercícios físicos.
Na Clínica Diláscio a intradermoterapia faz parte dos tratamentos estéticos propostos.

 

Dra. Fátima Aparecida Cotta Noronha

Especialista em Ortodontia – CRO 24633